Novidades frescas por parte da AutoDesk

Saiu um artigo publicado em 13 de Novembro, por Pam Baker, no sitio da Linux Foundation, onde ele descreve porque a AutoDesk está a preparar uma entrada em Open Source, onde internamente e sobre cloud já funciona nesta plataforma.

Ele começa assim:

A AutoDesk está a passar por uma mudança na empresa para fontes abertas e internas. E isso está em cima da mudança de cultura que ambos os métodos de desenvolvimento requerem.

Pam refere ainda que o que originou a que houvesse uma mudança de cultura na AutoDesk foi contratar um programador de Open Source:

Começaram por contratar Guy Martin como Diretor de Estratégia de Código Aberto na Prática de Engenharia da Autodesk, que foi projetado para transformar a engenharia em toda a empresa. Naturalmente, a fonte aberta desempenharia um papel importante nesse esforço, incluindo estimular o uso da fonte interna. Mas nenhum deles floresceria se a cultura da empresa não mudasse. E assim o título do trabalho evoluiu rapidamente para o diretor da Open @ADSK na empresa.

Fica a pergunta no seguinte: – Será que a AutoDesk já começou a entender que pode perder uma grande fatia de mercado se não começar a ler os dados reais, ou seja, embora o Open Source não seja um exímio player em Marketing, muitos são profissionais e empresas que estão a procurar alternativas no Open Source. Eu digo isto porque é raro não ler pelos fóruns pedidos de ajuda ou aconselhamento sobre aplicações equivalentes ao por exemplo AutoCad.

Claro está com a AutoDesk a entrar no Open Source é claramente uma ação de peso mesmo sendo uma software house de código proprietário. O que acha sobre esta novidade, deixe a sua opinião.

Sobre Luis Teixeira

Trabalho nas Tecnologias de Informação desde que iniciei o estudo do MSDOS 5 a partir dai foi sempre a aprender. Hoje sou um amante do Linux e do Open Source, mas não sou fundamentalista e acho que tudo tem mercado. Mas escolhi ser livre e um acérrimo lutador contra a pirataria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *