Escola e o DIGITAL

Hoje de manhã cedinho a caminho do trabalho, ouvi na rádio a referencia à Petição sobre as mochilas pesadas que os nossos alunos tem que suportar diariamente, e muitas vezes levam falta de material por causa do cansaço físico provocado pelas mesmas.

Claro que esta situação é verificada à anos, e mesmo no nosso tempo era insuportável, o que levava à compra de novas mochilas todos os anos, ou mais que uma durante um ano lectivo. Sou sincero esta questão é muito mais importante que andar a falar sobre o Acordo Ortográfico.

Aqui temos algo que hoje em dia não justifica, e sabemos que hoje temos alunos mais informados (ou não) com toda a tecnologia existente, então porque aumentar a carga de uma mochila, e cada vez mais em anos iniciais de um secundário. Criando problemas de logística e saúde nos futuro dos alunos.

E isto reflecte em todos nós, porque hoje em dia a tecnologia abrange até uma camada da população que nunca esteve habituada a usar a mesma, e que descobre um modo de se manter saudável por falar e não sentir sozinho, ou manter contacto com laços familiares que estão longe.

Isto também remete um pensamento em todos nós que é será que o método de ensino evoluiu? Sim porque ainda existe profissionais de educação que insistem em não abraçar a evolução. Sabemos bem que praticamente todas as instituições tem estruturas de redes informáticas, e que diariamente todos usam tecnologias, os manuais já existem em DIGITAL há muito tempo, mas os governantes fazem o quê?

Para que serve uma A.M.A. no estado? Porque vejamos e sejamos sinceros, estrutura já existe e colocar tudo digital não é preciso muito esforço e em relação a sistemas temos grandes fornecedores que no campo Open Source já fazem um grande trabalho, e temos muitas empresas que já actuam neste campo e nem por isso deixam de ser evoluídas e sabem ser economicamente viáveis.

No ensino podemos fazer uma grande evolução neste campo que no futuro teremos um grande retorno.

O que será preciso para olhar o futuro com olhos de “ver” e avançar na aposta do futuro hoje?

Hoje temos Tablets, Smartphones e portáteis que são bem mais leves que quilos de folhas que depois podem ter perigos futuros por excesso de peso e conteúdos que não despertam o interesse de jovens que estão altamente evoluídos no digital.

Escrevi este pensamento depois de um dia trabalho e de ler esta matéria do Pedro Mesquita

Sobre Luis Teixeira

Trabalho nas Tecnologias de Informação desde que iniciei o estudo do MSDOS 5 a partir dai foi sempre a aprender. Hoje sou um amante do Linux e do Open Source, mas não sou fundamentalista e acho que tudo tem mercado. Mas escolhi ser livre e um acérrimo lutador contra a pirataria.

Um comentário

  1. Como Professora sempre tive a preocupação com isto. Neste momento, ao nível das novas tecnologias acredito e sou apologista de que os manuais sejam em formato digital e apenas os cadernos e livros de exercícios em papel. A retirada total do suporte em papel é prejudicial ao nível da motricidade.
    Um assunto bem polémico que dará muita discussão.
    Mas o que interessa é a saúde das crianças.
    Muito bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *