Lançado o KDE Plasma 5.9

Foi hoje lançada a versão 5.9 do KDE Plasma desktop. Além da correção de bugs a nova versão trás algumas novidades em termos de funcionalidades:

    • Antevisões interactivas das notificações. Isto é mais notório quando tira uma captura do ecrã com o Spectacle. Poderá arrastar o ficheiro resultante a partir da mensagem da notificação directamente para uma janela de conversação, um compositor de e-mail ou um formulário de navegação Web, sem sequer ter de abandonar a aplicação onde está a trabalhar de momento.
    • É agora possível configurar o ícone de uma aplicação ou documento que arrastou para o ecrã ou painel. Através de uma janela de configuração pode alterar o icone, o texto da legenda e outras propriedades.
    • A ‘applet’ de Lançamento Rápido agora suporta listas de acções rápidas, voltando a estar a par de funcionalidades com os outros lançadores de aplicações no Plasma. As acções do KRunner, como o “Correr num terminal” e “Abrir a pasta respectiva” também agora são apresentados para os resultados de pesquisa do KRunner nos lançadores de aplicações.
    • Melhorias visuais. As barras de posicionamento no estilo Brisa, por exemplo, transitaram para um desenho mais compacto.
    • Menu Global. Agora é possível aceder ao menu de uma aplicação através de um painel. Isto para as aplicações Qt ou Gtk. Por outro lado o visualização do menu integrado das aplicações foi modificada para uma aparência mais moderna.
  • Importação e exportação do “Look and Feel”. Os temas globais de Aparência e Comportamento agora também suportam a mudança da decoração da janela. A ferramenta de criação de temas ‘lookandfeelexplorer’ irá exportar a sua decoração de janelas actual para o tema que criar. Se instalar a partir da loja do KDE, os temas que dependam de outros pacotes gráficos também presentes na loja do KDE (como os temas do Plasma e os temas de ícones), os mesmos serão transferidos automaticamente, para lhe dar a experiência total que é pretendida pelo criador do tema.

Pode verificar estas e outras novidades no seguinte vídeo:

Sobre Paulo Trindade

Apaixonado pelo Linux e open source. A primeira experiência foi com Red Hat foi algo traumática. Voltou anos depois com o Ubuntu 7.04 e nunca mais abandonou Linux.

Foi editor do Linux Tugaz e criou o Terminal Aberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *