Elementary Os 0.4 Loki: Breve analise

Tal como já aqui anunciamos a versão 0.4 do Elementary Os já se encontra disponível.

appcenterTendo como base o Ubuntu 16.04 esta nova versão, designada por Loki, trás poucas novidades em relação à versão 0.3.

A maior novidade incide na substituição do Ubuntu Software Center pelo novo AppCenter desenvolvido pela própria equipa do Elementary Os. Este novo centro de software tem um aspecto mais clean e é mais responsivo do que que o antigo. Contudo esta nova aplicação não suporta a instalação de todos os pacotes que estão disponíveis nos repositórios, algo que se resolve recorrendo ao Synaptic

Outro aspecto, que já mencionamos anteriormente, é o impedimento de o utilizador usar PPA’s e ficheiros .deb como forma de instalar software que não se encontra nos repositórios. Situação que já explicamos como contornar.

A meu ver isto é mais uma restrição que torna o uso do sistema mais complicado, especialmente para o utilizador menos experiente. Compreendo que a equipa da distribuição opte por esta restrição de forma a contribuir para a estabilidade do sistema mas deveria contribuir com soluções alternativas. Em ultimo recurso, deveria de dar ao utilizador a opção de activar ou desactivar os PPA’s e instalação via ficheiros .deb através de uma ferramenta no painel de definições do sistema.

Em termos visuais a Elementary continua o seu caminho em tornar a aparência das apps mais uniforme com o recurso às Headerbars. Além demais, a Elementary Os disponibiliza uma SDK para que seja possível desenvolver aplicações para a a distribuição.

Ainda em termos visuais a equipa retocou os indicadores, o centro de notificações e ferramenta de opções de partilha.

sobreOutra mudança ocorrida nesta nova versão foi a substituição do Midori pelo Epiphany, atendendo que o desenvolvimento do Midori está parado. Pessoalmente, continuo sem entender porque a equipa da distribuição não aposta em browsers com maior compatibilidade como o Firefox ou Chromium. Uma das primeiras coisas que faço (e provavelmente grande parte dos utilizadores) é instalar outro browser. Continua também a faltar uma suite de produtividade e se instalar o Libreoffice pelo AppCenter ele fica com um aspecto pouco nativo, uma vez que não é instalado o pacote libreoffice-gtk, que pode ser instalado via Synaptic ou pelo comando:

  • sudo apt install libreoffice-gtk

Ainda no que respeita a novidades, a ferramenta das contas online continua em lento desenvolvimento, suportando agora o LastFM, Fast Mais e configuração de um email com protocolo IMAP. Um pormenor curioso que me despertou atenção é que no separador “Sobre” das definições do Elementary Os, tem uma opção para Restaurar as definições por defeito o que pode ser útil.

Ao contrário da versão anterior, o 0.4 Loki está bastante estável. Em cerca de uma semana de utilização não me deparei com nenhum bug ou comportamento anómalo do sistema. Portanto, quem gostou do Freya irá muito provavelmente adorar o Loki. Aliás, o Elementary Os continua a revelar-se uma distribuição recomendada a quem gosta de sistemas operativos minimalistas (especialmente para netbooks) e com aspecto limpo. Para quem pretenda um sistema mais completo para fins produtivos, Elementary Os pode não ser a melhor solução.

Ler também:

elementary os 0.4 Loki – Beta
Ai está o Elementary Os 0.4 Loki

desktop

Configurações do meu ambiente de trabalho

Como não uso a configuração que vem por defeito no Elementary OS, partilho aqui a configuração que uso:

Tema Gtk: OSX-Arc-White
Ícones: Moka/Arc
Wallpaper: Wallhaven
Plank: Gnosemite

Sobre Paulo Trindade

Apaixonado pelo Linux e open source. A primeira experiência foi com Red Hat foi algo traumática. Voltou anos depois com o Ubuntu 7.04 e nunca mais abandonou Linux.

Foi editor do Linux Tugaz e criou o Terminal Aberto.

4 comentários

  1. Falta uma system tray no Pantheon, o que dava jeito por causa do Steam – se correr um jogo do Steam, sem abrir o cliente, a janela não aparece e tenho que mandar o processo abaixo com um ‘kill -9 pid’. De resto, estou a gostar bastante da distribuição.

  2. Boa análise Paulo, está um bom apanhado dos pontos mais importantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *