YouTube ameaça bloquear conteúdos de editoras independentes

Youtube1

Segundo comunicados emitidos no dia 23de Maio pelas World Independent Network (WIN) e a Associação Europeia de Música Independente (IMPALA), que denunciam uma nova abordagem do Youtube perante várias editoras independentes na preparação do lançamento de um novo serviço de streaming.

A rede de partilha de vídeos da Google terá já celebrado acordos preferenciais com as 3 editoras majors (Universal, Sony e Warner) oferecendo depois condições menos favoráveis e aparentemente não negociáveis, sob ameaça de exclusão de conteúdos a várias editoras independentes.

Decisão que gerou forte repulsa por parte de várias associações relacionadas com músicos e selos independentes, entre elas a AMAEI (Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes) que “denunciam uma estratégia de chantagem que só levará a mais um serviço digital falhado é a música independente que é o verdadeiro motor de desenvolvimento da música online”.

Segundo a AMAEI, “sem a música independente, o YouTube ficará mais pobre, e surgirá com toda a certeza outra plataforma para partilha de vídeos disposta a apostar no futuro”, argumentando que o futuro está na música independente.

Sobre Paulo Trindade

Apaixonado pelo Linux e open source. A primeira experiência foi com Red Hat foi algo traumática. Voltou anos depois com o Ubuntu 7.04 e nunca mais abandonou Linux.

Foi editor do Linux Tugaz e criou o Terminal Aberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *